[FP] Wittelsbach, Jockvick Catheryn

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Wittelsbach, Jockvick Catheryn

Mensagem por Catheryn J. Wittelsbach em Seg Jun 02, 2014 11:33 am

Catheryn
Jockvick Wittelsbach
Nascimento:
{19/05/2002}
Idade:
{18 anos}
Residência:
{Londres, Inglaterra}
Sangue:
{Puro}
Grupo:
{Morholt}


DESCRIÇÃO FÍSICA
Aqueles mesmos olhos castanhos que mais parecem reluzir, transbordando sutilmente a malevolência que reside na russa. Os cabelos ruivos e sedosos que, quando descabelados, caem à margem de suas pálpebras, indo até o meio de suas costas. A pele pálida e cheirosa, macia. Os lábios carnudos e rosados. O corpo invejável, com 1.59 de altura e 59 kg,chama a atenção devido às curvas sinuosas e o busto farto. Catheryn é a própria imagem de uma verdadeira sedutora, por assim dizer. Somada à sua lábia afiada, poucas são as pessoas que não caem nas impetuosas garras desta garota. Mantém uma postura firme e imponente, como se nada o pudesse abalar. Como se buscasse a cada segundo, diferentes maneiras de te derrubar. Como uma digna predadora. Mas as roupas de grife que escondem suas cicatrizes não conseguem sequer apagá-las. São marcas profundas, que significam algo além da compreensão de qualquer outro. Pedacinhos de ninguém, duma época que não merece recordações. Tratam de assombrá-la, lembrando do quanto teve de sacrificar para chegar onde chegou.

E no que se transformou.


DESCRIÇÃO PSICOLÓGICA
Cuidado, porque essa garota é fria se você pisar no pé dela. O humor de Catheryn varia constantemente, por isso é bom não estar ao seu lado quando ela estiver em um de seus períodos de mau humor. Você corre até risco de vida.

A ruiva não consegue esconder quando está magoada ou irritada. Quando irritada, parece possuída pelos poderes do diabo e seres obscuros. E, nestes momentos pode se esperar tudo dela, desde um ataque de raiva com direito a destruir a casa até uma capacidade para reclamar durante a vida toda. Se ela quase quebrou sua cabeça quando perguntou sobre seu dia, ou deu uma de suas respostas grosseiras sem nenhum motivo aparente, provavelmente deve estar em um daqueles dias amargos que faz com que odeie o mundo. Se está ferida em seus sentimentos, ela pode se fechar em seu mundo, ficar melancólica e atacar qualquer um ferozmente.

A garota possui uma certa dificuldade em confiar nas pessoas, entretanto, quando essa barreira criada por ela é vencida, pode-se considerá-la uma amiga para toda a vida. É ignorante, não gosta que ensinem o que fazer, é debochada e abusada, fria e absoluta, manipula qualquer um quando quer e se for possível, sempre manipula. Contudo, não se engane pelo jeito exótico e olhar doce. Catheryn quer se dar bem. E por mais que tenha uma aparência séria ou simpática e seja boazinha, ali no fundo em segredo guarda uma cobra muito venenosa.  



HISTÓRIA


Catheryn Bhourscheidt Wittelsbach nasceu em Moscou. Seu pai era um conhecido auror que sofria de alcoolismo. Sua mãe estava mais preocupada em cuidar de sua irmã e seu padastro era um homem violento que permanecia alguns dias em casa fumando e assistindo televisão. Catheryn sofreu maus tratos até os dois anos de idade, quando foi levada pelo serviço social a pedido dos pais e virou politicamente órfã.

Já não se recorda ao certo qual foi a idade que se separou de Adele, sua mente decerto não lhe permite pensar muito sem que uma dor aguda lhe atinja, como que protegendo a irmã de seus pesadelos. Mais uma vez, seu pai entrou em um colapso, mas este ainda maior. Muito maior.

Seu guardião no orfanato a violentava sem que ninguém percebesse. Catheryn se restringia a se encolher em um canto qualquer, recordando de sua infância, mas nem ao menos se levantando para ir até as cobertas e adormecendo no chão frio,recebendo toda a raiva contida de seu pai entre socos e estupros que lhe arrancavam um pouco de sangue e um pouco de felicidade.

Após ser transferida para um grande orfanato em Paris, a garota demonstrou pouca ou nenhuma interação social. Por causa do distúrbio,embora ela falasse e compreendesse a linguagem, não o fazia em certas situações sociais, quando é o que se esperava da garota. Por causa disso, poucas pessoas tinham paciência para ela e ninguém se interessava em adotar uma criança problemática. Reconhecendo que Catheryn precisava de atenção especial, foi transferida para outro orfanato, sendo que este tinha como principal objetivo crianças com distúrbios mentais, assim como ela. Lá, a garota aprendeu a controlar parcialmente suas habilidades para com as outras pessoas e se desenvolver superficialmente.

Com onze anos, suas características mágicas começaram a surgir junto com o sadismo e ninfomania. No começo aquilo lhe perturbou, deixando-a com insônia e pesadelos, porém com o tempo ela descobriu que apreciava aquele prazer em forma de dor. Ela tentou ir para psicólogos e especialistas, mas nada adiantava, pois sempre permanecia calada. Foi adotada por um casal de bruxos ingleses, indo morar com os mesmos durante 4 anos. Lá, durante sua estadia, o casal mandou-a para Hogwarts, onde Catheryn fora selecionada para Sonserina. Fez alguns poucos amigos, não tendo tanta ligações com os mesmos por conta de sua transferência para outro orfanato após o casal fazer desistência de sua pessoa.

Ainda em Londres, com quatorze anos, um casal de bruxos estrangeiros diplomatas da Bulgária, ao visitar o orfanato onde Catheryn estava, começaram a apreciar suas habilidades mágicas e independente de seus distúrbios, decidiram adotá-la definitivamente. Aquela foi a primeira prova de amor e família que garota vira em tudo sua vida e embora ignorasse o ambiente na maioria do tempo, ela gostou deles.

A ruiva passou a morar em Berlim, sendo matriculada em  Instituto Durmstrang, sob a atenção do serviço social Francês, e com seus novos pais aprendeu a falar alemão e búlgaro, voltando também a cursar uma Instituição Mágica,sendo admitida na Haus Feuer. Com eles, ela também adotou o segundo nome de  Harleen e o sobrenome Jockvick. Seu estado começou a melhorar depois de anos, porém tudo foi estragado quando completou os estudos, sendo induzida pelos pais à ingressar na Faculdade Phoenix.

Foi um dia antes de completar 17 anos que ela achou um pouco da sua felicidade. Sua felicidade personificada em dois belos olhos azuis, um sorriso brilhante e fios tão dourados quanto ouro. Um intercambista com um sonho em suas costas e promessas de uma fuga de seu futuro em algo que ela não desejava. Prometida. Não apenas para um noivo, era prometida também para uma vida que negava-se a aceitar. Ela conseguiu os documentos, fugiu e viveu. Ela viveu como não vivia a muito tempo. Foi o melhor ano de sua vida onde um pequeno apartamento e um emprego comum lhe era o suficiente. Onde até mesmo acordar parecia ser o inicio de uma vida. O abrir de olhos de uma criança, dia após dia.

Mas ela enlouqueceu. Não assim do nada. Ela viu seu amado ser morto na sua frente, enquanto se encolhia mais uma vez e via-o dele cair de sua mão encharcada de seu próprio sangue. Não havia mais solução. Ele estava morto. Seus gritos foram ouvidos pelos vizinho e quando contou a história, foi acusada de ser a assassina mas julgada mentalmente impossibilitada.

Mas nenhum lugar é protegido o suficiente. Ela escapou, é claro. E para alguém de seu gabarito, não foi difícil forjar novos documentos. Conseguiu um emprego simples e logo se via envolvida nos mais diversos tipos de relacionamentos que não duravam mais de semanas por não ser capaz de esquecer aquele que agora estava bem longe de suas mãos.

Ela assistiu seu plano dando certo e sendo anunciado em noticiários menores sobre seu falecimento. Ela assistiu seu antigo mundo sendo deixado para trás enquanto surgia mais um homem em sua vida. Ele era o oposto de seu antigo amor em todos os aspectos. Seus olhos e cabelos negros como a noite, seu jeito fechado e violento e seus vícios. Ela se viu envolvida demais para fugir, mesmo quando, novamente, começou a apanhar.

A sua desgraça se iniciou. Maquiagens para esconder os machucados, bebidas para esquecer os problemas, brigas constantes com aquele com quem dividia o apartamento um pouco maior que o anterior, um pouco mais de maquiagem, e cortes. Ela começou a se cortar, tentou suicídio tantas vezes de tantas formas diferentes, mas nenhuma foi finalizada pois ele sempre estava lá.

Ele lhe salvava e lhe matava pouco a pouco ao mesmo tempo.

Ela fugira no meio da noite, partindo para o único lugar que julgava seguro. Inscreveu-se na Faculdade escolhida pelos seus pais,passando com louvor nos testes. Lá, fora selecionada para Morholt.


Informações Gerais

# Nome Completo: Catheryn Harleen Jockvick Bhourscheidt Wittelsbach.
# Apelidos: Cath, Jockvick, Ryn. Odeia ser chamada de ruiva e, principalmente, ''a irmã da louca Adele.''
# Título: Morholt.
# Nacionalidade: Russa.
# Idioma(s) Falados: Inglês, francês, alemão, russo, búlgaro.
# Idade: 18 anos.
# Orientação Sexual: Bissexual.
# Estado Civil: Solteira.
# Raça: Bruxa.
# Família: Wittelsbach.
# Grupo: Morholt.
# Casa: Sonserina [Hogwarts], Haus Feuer [Durmstrang].
# Fraternidade: Morholt.
# Curso: Especialista em Feitiços
# Emprego: Estudante.
# Patrono: Puma.
# Bicho-Papão: Palhaços.
# Espelho Ojesed: Ser bem sucedida em sua carreira profissional e âmbito familiar.
# Photoplayer: Holland Roden.


Atributos
Este campo deve ser preenchido apenas por aqueles interessados em jogar quadribol, ou seja, apenas alunos da faculdade. Caso seja adulto ou não se interesse por jogar, deixar o espaço em branco. Mas se quiser ser um campeão, distribua 20 pontos pelos atributos a seguir até resistência (em convicção pode-se colocar qualquer número até 100). Os pontos podem ser aumentados com premiações no RPG, mas pense bem antes de colocá-los!

Agilidade: xx
Inteligência: xx
Precisão: xx
Força: xx
Táticas em Equipe: xx
Equilíbrio: xx
Resistência: xx
Convicção xx / 100




Última edição por Catheryn J. Wittelsbach em Sex Jun 06, 2014 9:55 am, editado 3 vez(es)


Why don't we just pretend?  
avatar
Catheryn J. Wittelsbach
Morholt
Morholt

Número de Posts : 9
Sexo : Feminino
Ocupação Atual : EEF

Ficha do Bruxo
Grupo: Morholt
Curso: Especialista em Feitiços
Período: 1º Período

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Wittelsbach, Jockvick Catheryn

Mensagem por The Phoenix College em Seg Jun 02, 2014 4:48 pm





avatar
The Phoenix College
Narrador
Narrador

Número de Posts : 154

Ficha do Bruxo
Grupo: Narradores
Curso: Nenhum
Período: Nenhum

Ver perfil do usuário http://faculdadephoenix.forumeiro.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum