[FP] Anghel, Mihaela

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Anghel, Mihaela

Mensagem por Mihaela Anghel em Dom Jun 01, 2014 2:51 pm

Mihaela
Anghel
Nascimento:
13/09/
Idade:
19 anos
Residência:
Transilvânia, Romênia
Sangue:
Mestiço
Grupo:
Beltaine


DESCRIÇÃO FÍSICA
Mihaela por ser meio-veela possui um tom de loiro platinado em seus cabelos sendo estes bem longos um pouco abaixo dos seios,repicados na ponta e com mexas diversas, há dias que elas são rosas, outras azuis, varia do humor da garota. Seus olhos são de um azul topázio bem claros, mas costumam assumir um tom mais escuro quando fica furiosa, quase como se fosse um céu escuro em tempestade, o que acontece bastante. 

Possui várias tatuagens, sendo estas: uma pena atrás da orelha, borboleta nas suas costas e um rosto de uma mulher, "Believe" entre seus dedos e uma chave em seu pulso. Por enquanto, só essas, mas sempre tem espaço para novas tatuagens, pelo menos é o que ela pensa.

Mihaela é conhecida pelo caraterístico cheiro de morangos, isto porque a jovem bruxa adora o cheiro da fruta e usa todos os produtos cosméticos de beleza e limpeza possíveis com o cheirinho da fruta, desde o shampoo ao batom labial. 

Não é muito alta, nem muito baixa, tendo seus felizes 1,69cm o que costuma gerar alguns comentários maliciosos ás vezes da garota. É extremamente consciente da sensualidade latente que possui e não tem vergonha em relação ao seu corpo e sabe que é considerada uma garota bonita e sensual.

Costuma se mover de modo muito suave e pode facilmente surpreender alguém, quanto ao seu ao andar há quem diga que ela caminha como uma tigresa ou pantera, o que acaba gerando alguns olhares masculinos, não que ela não esteja acostumada a eles. 


DESCRIÇÃO PSICOLÓGICA
Mihaela deveria ter uma placa de aviso dizendo "Cuidado, garota problema". Ela é leal a si mesma e sua família e amigos, mas não exitaria em trair alguém a quem não confia contato que isso se mostrasse útil a um proposito maior. 

Ela não tem vergonha do próprio corpo e é consciente da própria sensualidade, mas tá longe de ser promiscua, mas não seja ingênuo perto da meio-veela, na maioria das vezes quando ela diz algo com duplo sentido...É porque tem duplo sentido.

Com uma língua realmente ferina, você não vai querer entrar numa disputa verbal com essa garota, nem tentar traduzir algumas coisas que ela diz, a não ser que não tenha problemas em relação a sensualidade ou palavrões. 

Odeia a ideia que ser bonita é ser cérebro vazio, sendo extremamente inteligente e perspicaz, há poucas coisas que passam despercebida pela garota. Gosta de ir aos extremos e não tem medo de se aventurar, contato que isso traga resultados satisfatórios.

Possui um lado fofa e outro completamente louco, você nunca sabe o que esperar, em grande parte pela criação que ela teve. Adora cantar e possui um violoncelo, mas este é um dos seus talentos que não costuma mostrar as pessoas, grande em parte porque tem medo que assim possam enxergar sua alma através de sua música.

Tem verdadeira paixão por motos e bebidas, principalmente os vinhos.

No fundo tudo o que ela quer é se sentir pertencendo a uma família, a alguém...Em fim, pertencendo a algo sólido. Só não conseguiu encontrar isto ainda.



HISTÓRIA


Se há algo que se possa dizer sobre Mihaela, é que sua vida está muito longe dos contos de fadas com finais felizes. Ela nasceu numa manhã fria de Setembro, uma pequena garotinha de olhos azuis esverdeados e ralos cabelos loiros, filha da veela Mavra com o lorde Aaron Anghel, também um comensal entre os círculos mais fechados que conheciam seu segredo. Talvez esse fosse o quadro da família perfeita se olhássemos de perto, mas é preciso se afastar para notar os demais detalhes que formam esse quadro.

Mavra e Aaron não eram exatamente um casal apaixonado, talvez eles tivessem sido em algum ponto no passado, mas quando a jovem Mihaela nasceu aquele relacionamento estava mais do que abalado. 

Mavra chorava constantemente sentindo falta de se lar de onde havia sido expulsa por seu relacionamento com Aaron, na época a jovem veela não havia se importado porque acreditava que eles ficaram juntos para sempre, mas a realidade havia se mostrado muito distante dos seus sonhos. 

O comensal quase sempre aparecia cheirando a perfume de outras mulheres e apesar de suas promessas que nunca mais trairia sua esposa, nunca passavam de promessas. Solitária, perdida e desesperada ao notar que Aaron se esquecia dela cada dia mais e concentrava-se apenas na filha, a veela acabou com o passar dos anos perdendo a alegria pela vida. Sua única alegria era a pequena filha Mihaela.

Mihaela sempre soube que era diferente dos demais. Talvez por sua inteligência e língua rápida tenha afastado muito as pessoas ao crescer, incomodados com a pequena garota incapaz de perdoar comportamentos que reprovava e repudiava.

Quando cresceu as coisas não melhoraram muito. Sua beleza se tornava notável a cada ano que passava, atraindo olhares invejosos: Bela e inteligente. Além de ter nascido em uma família de posses. "Ninguém deveria ser tão abençoado assim" Pensava alguns. Para a meio-veela, ela não encarava sua beleza como um dom, uma benção ou um presente, estava mais para uma maldição. 

Talvez ela estivesse certa desde o inicio.
 
Mihaela foi criada para ser uma pequena princesa e assumir a posição de sua mãe no futuro e honrar o sobrenome dos Anghel com um casamento com um membro de outra família proveniente e por muito tempo ela não questionava esse seu mundo.
 
Até aquela noite em que tudo mudou.
 
Ela tinha catorze anos e estava prometido em casamento a Dimitri, um jovem bruxo de dezenove anos amigo de sua família. Para Mihaela a ideia de se casar com o bruxo parecia se quase como um conto de fadas, ele era belo, educado e sempre cortês. Mas por trás da fachada, havia um verdadeiro monstro.
 
Quando ele se forçou contra ela, Mihaela viu seus sonhos de menina ser destruído pouco a pouco. O hálito dele contra seu rosto, as mãos que apertavam seus seios, os beijos sobre sua pele e o investir furioso dele contra seu corpo enquanto ela chorava pedindo que ele parasse... Então em algum momento ela apenas ficou quieta e desejou que ele a matasse depois que tivesse acabado.

Quando seu pai e o pai de Dimitri e outros encontraram ambos no chão do escritório estava bastante obvio para ambos que tinha acontecido ali. Mihaela chorava baixinho no canto com as roupas rasgadas, em que seu pai veio ao seu socorro e lhe entregou seu paletó.   

Dimitri disse a todos que ela tinha o seduzido para tentar se safar da situação e dos olhares raivosos que lançavam em sua direção, muitos acreditaram logo de inicio. Por que não? Mihaela sempre parecia se julgar acima dos outros. Dimitri era um homem tão bom e honesto, um pilar da sociedade, era certo que a culpa era da garota. A meio-veela sabia que não importasse o quanto se defendesse as pessoas ainda a olhariam com desconfiança, sempre esperando por algum erro seu. 

Quando foi a escola as coisas se tornaram ainda pior. As garotas a encaravam com certa inveja, algo que estava acostumada, nunca tinha sido uma pessoa fácil de fazer amizades com o gênero feminino, provavelmente por sua língua mordaz, sua beleza o que causava certa inveja e desconforto, além dos boatos nada gentis que corriam a seu respeito sobre ser uma vadia, uma Devoradora de Homens. 

O apelido a tinha feito chorar durante semana trancada no banheiro da escola que estudava. Por que ninguém confiava em sua inocência? Por que ninguém notava o quanto ela estava assustada? Até que simplesmente ergueu a cabeça e seguiu em frente, fingindo e fazendo todos acreditarem que apreciava o apelido.

Sua única amiga nessa época era Layla. As duas acabaram se tornando inseparáveis nesse período. 

Cansada de sua gaiola de ouro a garota finalmente se rebelou em busca de encontrar a si mesma, fez tatuagens, aprendeu a andar de moto. Praticamente quase enlouqueceu seus pais, mas ela estava longe de se sentir mal por isso. Cansada de viver numa sociedade esnobe que a encarava como uma vadia por algo que nem mesmo tinha feito.

Então para todos os efeitos ela era Mihaela, a Devoradora de Homens. Um título que lhe acarretava olhares de desconfiança das mulheres e desejos nos homens, esperando para serem a próxima vítima ou "domarem" a mulher... Tolos, na opinião da bruxa. Tolos e sem nenhum propósito na vida. Normalmente encarava tais homens como simples vermes a serem esmagados. Se eles a queriam como troféu, tudo que receberiam era um belo chute daqui até o inferno. 

Não que fosse frígida, pelo contrário, apreciava o sexo oposto... Quando eles sabiam aprecia-la. No mais nunca foi adepta a ideia de um relacionamento fixo e sério, tinha seus casos. Uns duravam poucos tempo, eram rapidamente substituídos. Com outros possuí uma relação mista entre sexo e amizade, com quem podia conversar e debater assuntos que aguçassem sua mente e língua ao mesmo tempo em que poderia aproveitar as vantagens de um sexo sem compromisso.

Quando conseguiu a vaga para a faculdade, não ficou surpresa, suas notas e recomendações eram as melhores. Ela só esperava que dessa vez a fama que a perseguia a deixasse em paz pelo menos uma vez. No fundo ela ainda era aquela garota assustada, ansiosa que alguém acreditasse em sua inocência. Ansiosa por alguém que enxergasse realmente.


Informações Gerais

# Nome Completo: Mihaela Mavra Martinelli Anghel IV
# Apelidos: Nymphé, Mih e Miha
# Título: Beltaine
# Nacionalidade: Romênia
# Idioma(s) Falados: Inglês, Francês, Italiano e Romeno. Conhece um pouco de Coreano e Japonês também.
# Idade: 19
# Orientação Sexual: Heterossexual
# Estado Civil: Solteira
# Raça: Meio-veela
# Família: Martinelli e Anghel
# Grupo: Alunos
# Casa: Qual a casa de Hogwarts ou outra instituição que você frequentou?
# Fraternidade: Beltaine
# Curso: CHS
# Emprego: Nenhum no momento.
# Patrono: Rouxinol
# Bicho-Papão: Dimitri
# Espelho Ojesed: Uma família com alguém sem rosto a abraçando e acariciando o ventre proveniente que fica claro que ela espera uma criança.
# Photoplayer: Lindsay Ellingson.


Atributos
Este campo deve ser preenchido apenas por aqueles interessados em jogar quadribol, ou seja, apenas alunos da faculdade. Caso seja adulto ou não se interesse por jogar, deixar o espaço em branco. Mas se quiser ser um campeão, distribua 20 pontos pelos atributos a seguir até resistência (em convicção pode-se colocar qualquer número até 100). Os pontos podem ser aumentados com premiações no RPG, mas pense bem antes de colocá-los!

Agilidade: xx
Inteligência: xx
Precisão: xx
Força: xx
Táticas em Equipe: xx
Equilíbrio: xx
Resistência: xx
Convicção xx / 100


avatar
Mihaela Anghel
Beltaine
Beltaine

Número de Posts : 11
Sexo : Feminino
Ocupação Atual : Estudante de Comunicação Social e Histórica

Ficha do Bruxo
Grupo: Beltaine
Curso: Comunicação Social e Histórica
Período: 1º Período

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Anghel, Mihaela

Mensagem por The Player em Dom Jun 01, 2014 5:11 pm








avatar
The Player
Narrador
Narrador

Número de Posts : 335

Ficha do Bruxo
Grupo: Narradores
Curso: Nenhum
Período: Nenhum

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum